A organização por ciclos de 3 anos, em vez de séries anuais, permite a cada aluno cumprir, por trajetórias e tempos diferentes, um currículo que supera as recomendações do MEC.  

Para passar para o próximo ciclo, o aluno deverá alcançar 100% das competências de cada área do conhecimento.