As Ciências diante da complexidade

 Uma inteligência incapaz de perceber o 
contexto e o complexo planetário fica
cega, inconsciente e irresponsável.
Edgar Morin

 

Sob qual ângulo devemos pensar a pandemia? Biológico, econômico, psicológico, sociológico, ecológico, filosófico, cultural, geopolítico, mitológico, matemático, histórico, tecnológico, ético? A pandemia expõe a complexidade dos problemas.

Na educação brasileira, o que prevalece é o currículo em grade. Cada matéria é gerida no território de cada professor. Mas eis que chega um problema global, transversal, evidenciando que os conteúdos não devem ser despedaçados, estudados isoladamente. O controle da pandemia acontece quando são integrados múltiplos olhares. As soluções têm sido encontradas quando o enfrentamento se dá pelo coletivo das Ciências. E as artes têm sido fundamentais para dar sustentação ao espírito.  

Na Escola da Serra a proposta é interdisciplinar, os conteúdos estão subdivididos em áreas do conhecimento, e nada impede que uma área realize qualquer projeto com outra. Estratégia para que os alunos observem os problemas como eles são na realidade, multifacetados, complexos, interdependentes.  Para que cedo eles aprendam a correlacionar e a contextualizar os saberes. Assim o processo de aprendizagem ganha mais sentido.

O momento atual é uma oportunidade para melhor compreender como um problema de saúde trouxe mudanças e catástrofes em cadeia. Como algo que parecia separado está ligado. Uma oportunidade para aplicar o já estudado e descobrir novos conceitos. Vamos a alguns deles?

1.    Mercado insalubre
2.    Poder de contaminação
3.    Mutação e propagação
4.    Estocagem, armazenamento
5.    Desastre em cadeia
6.    Imprevisibilidade
7.    Globalização
8.    Disputa econômica
9.    Racionamento
10.  Erros de diagnóstico, prevenção
11.   Capitalismo
12.  Negligência
13.  Sede frenética por lucros
14.  Indústria farmacêutica
15.  Home office
16.  Curva exponencial

A lista é imensa, cada um pode ajudar seu filho, sua filha a pensar a pandemia sobre diferentes aspectos e na proporção que a idade permite. Para quem vai enfrentar o Enem este ano, é certo que o assunto lá estará. E, como o inesperado sempre vem, inclusive como crise, vale lembrar que todo ser deve ser educado para lidar com o imprevisível.

Eliane Dantas (Assessora de Comunicação)

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *