Currículo

Em sintonia com o moderno pensamento pedagógico, que propõe uma visão integrada do conhecimento e um foco em ações interdisciplinares, o currículo de todos os ciclos de estudo na Escola da Serra está estruturado através das seguintes áreas: Linguagens (Português, Espanhol / Inglês), Arte (Artes Visuais, Teatro, Música, Dança), Ciências Naturais (Física, Química, Biologia), Ciências Humanas e Sociais (História, Geografia, Filosofia, Sociologia), Corpo e Mente (Educação Física, Capoeira / Tai Chi Chuan / Aikidô) e Matemática. Outras disciplinas específicas, como Empreendedorismo e Direito, enriquecem os estudos dos alunos do Ensino Médio.

Educação Infantil

A Educação Infantil consiste de dois ciclos organizados por aproximação de idades e de características dos processos individuais de aprendizagem dos alunos. Cada um dos ciclos possui um ambiente bastante amplo, onde as crianças são acompanhadas por dois educadores, que contam, ainda, com o apoio de auxiliares pedagógicos em número proporcional às necessidades.Nos primeiros dois anos da Educação Infantil – crianças de dois e três anos – cujo foco essencial é a interação com o outro e a formação de hábitos, o trabalho pedagógico envolve atividades diversas de estimulação, socialização, recreação, contação de histórias, exploração do ambiente. Música e Artes Plásticas são ministradas por professores com formação específica.

O segundo ciclo da Educação Infantil abrange crianças de quatro e cinco anos, e seu foco essencial é a construção da identidade, a socialização e o letramento. O trabalho pedagógico busca favorecer o desenvolvimento da autoconfiança, da autoestima, do conhecimento de si mesmo, de atitudes e valores necessários ao convívio social, da capacidade de expressão, bem como despertar, estimular e atender a curiosidade da criança quanto à leitura, a escrita e a pesquisa. A Artes Plásticas e Música soma-se Educação Física, cujas aulas são ministradas por professores especializados. A coordenação desse segmento é realizada por um pedagogo e um supervisor, que orienta e acompanha diretamente o trabalho dos professores.

A ação pedagógica na Educação Infantil da Escola da Serra concretiza-se pelos seguintes eixos de trabalho: Linguagens – Raciocínio lógico-matemático – Conhecimento de Mundo – Formação pessoal e Social – Movimento – Sensibilidade artística.

Ensino Fundamental

Desde 2004, a Escola da Serra adota o Ensino Fundamental de nove anos de duração com início aos seis anos de idade, havendo-se antecipado ao que, posteriormente, tornou-se imposição legal a todas as escolas do país.

Os componentes obrigatórios de Educação Ambiental, Programas de Saúde, Dependência Química e Uso de Drogas, História e Cultura Afro-brasileiras, Estatuto da Criança e do Adolescente, Direitos Humanos e Cinema de Produção Nacional encontram-se integrados aos conteúdos das diversas áreas e são tratados como temas transversais.

No Primeiro Ciclo, os alunos ocupam um amplo ambiente, organizados em grupos de quatro, acompanhados por vários professores regentes, que orientam individualmente os alunos no desenvolvimento de estudos em Português, Matemática e Ciências. As necessidades específicas da alfabetização são levadas em conta, o que se reflete no ambiente físico, que disponibiliza um espaço específico – mas contíguo e integrado com o restante do ciclo – para os alunos ainda não alfabetizados. As aulas de Arte (abrangendo as modalidades de Artes Visuais, Teatro, Dança, Música) e Educação Física são ministradas por professores especializados, assim como o horário semanal de Práticas Corporais – no caso a Capoeira –, que visa proporcionar o desenvolvimento da expressão corporal, da harmonia com o outro, da sociabilidade, da disciplina e da autodisciplina. Rudimentos de inglês são introduzidos de forma lúdica.

No Segundo Ciclo, os alunos utilizam dois ambientes específicos: um equipado com os recursos de apoio pertinentes às Linguagens e às Ciências Humanas e Sociais, tendo presentes os professores dessas áreas; outro, com os recursos relativos às Ciências Naturais e Matemática, e os professores dessas áreas. Organizados em grupos fixos de quatro, cada aluno receberá orientação específica do professor para o desenvolvimento de estudos autônomos. Necessitando de ajuda, o aluno poderá recorrer a seus colegas de mesa ou aos professores presentes.

Introduz-se, neste ciclo, o estudo sistemático de Inglês (Espanhol, ainda no 2º e 3º anos, sendo gradualmente substituído pela língua inglesa). A Prática Corporal é o Tai Chi Chuan, visando favorecer o autoconhecimento, o exercício da introspecção e da meditação, o desenvolvimento da capacidade de relacionamento interpessoal. O conteúdo Ética e Cidadania, além de abordado transversalmente, é desenvolvido pelo Núcleo de Psicologia com o apoio dos Professores Tutores em encontros periódicos, que abrem espaço para a discussão de dúvidas, curiosidades e inseguranças dos alunos relacionadas à construção das relações sociais e ao despertar da sexualidade. Para disciplinas que exigem ambiente específico – língua estrangeira, educação física, prática corporal, arte – os alunos são agrupados segundo critérios pré-definidos. Chegando o horário de um grupo, os alunos deixarão o salão para dedicar-se à nova atividade, retomando, no retorno, os estudos que realizavam.

No Terceiro Ciclo, que organiza-se da mesma forma que o ciclo anterior, introduz-se o estudo de Filosofia; a língua estrangeira continua sendo Inglês (dentro de dois anos, também o Espanhol constará do currículo), e a Prática corporal o Aikidô, com os mesmos objetivos já citados para outras Práticas Corporais. Os temas relativos a Ética e Cidadania continuam sendo conduzidos pelo Núcleo de Psicologia e Tutores, mediante demanda. Trabalha-se, também, nesse espaço a prevenção do uso de drogas.

Ensino Médio

Como etapa final da Educação Básica, o Ensino Médio precisa ser compreendido como um momento privilegiado para a formação de jovens que sejam capazes de se perceberem e se afirmarem como sujeitos individuais e coletivos, como cidadãos aptos não apenas a compreender, mas a agir de modo qualificado para transformar o mundo atual.

Contrapondo-se à persistente concepção de Ensino Médio como mera antessala para o ensino superior ou para o exercício profissional, a Escola da Serra defende uma proposta pedagógica que propicie aos jovens um conjunto de possibilidades formativas que contemplem múltiplas necessidades socioculturais e econômicas. Isso, através de um currículo que tem como princípios estruturantes dos processos de ensino e da aprendizagem o trabalho, a política, a ciência, a cultura e o autoconhecimento, entendidos numa perspectiva articulada e dialética. Um de seus propósitos formativos fundamentais é, assim, desenvolver nos alunos uma percepção aprofundada dos múltiplos meios em que os saberes e o trabalho se relacionam, gerando transformações sociais, econômicas, políticas, culturais, tecnológicas e ecológicas, cuja compreensão é essencial para uma intervenção consciente e transformadora na realidade.

As competências que constituem os objetivos de aprendizagem do ciclo do Ensino Médio em cada área do conhecimento foram definidas com base na Matriz de Competências do ENEM, nos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN e no Currículo Básico Comum da Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais – CBC. A dinâmica do trabalho escolar segue a mesma estratégia de estudos autônomos orientados, com o agrupamento de todos os alunos em um ciclo de formação, conforme descrito anteriormente para o segundo e terceiro ciclos do ensino fundamental.

Além dos componentes curriculares obrigatórios, ao longo de cada ano letivo são ofertadas aos alunos diversas oportunidades de enriquecimento curricular de caráter optativo, conduzidas por educadores da própria Escola ou por profissionais convidados. Essas atividades, que possuem tema, formato e duração diversificados – cursos, seminários, oficinas, palestras, vivências, intervenções, etc. – asseguram uma flexibilidade curricular ímpar na educação básica, permitindo ao jovem personalizar seu percurso de formação.